Cranberry durante a gravidez – Faz bem ou é proibido?

Cranberry durante a gravidez faz bem?

O Cranberry é uma fruta natural, originária dos Estados Unidos e que cada vez mais vem se tornando conhecida no Brasil por conta de seus vários benefícios para a saúde.

Entre muitos benefícios, o Cranberry tem a propriedade de ajudar a combater a infecção urinária, problema que afeta muitas mulheres e que pode causar problemas maiores durante a gravidez, período em que se torna ainda mais frequente.

Um estudo realizado e divulgado pela Universidade de Harvard comprovou que o consumo de Cranberry ajuda a evitar a reincidência da infecção urinária em mulheres, o que torna o Cranberry um ótimo alimento para ser consumido durante a gravidez.

No Brasil podemos encontrar o Cranberry em dois formatos:

  • Suco de Cranberry

O Suco de Cranberry é uma ótima maneira de aproveitar dos benefícios, a dose diária mais indicada pelos médicos é de aproximadamente dois copos por dia.

  • Cranberry Desidratado

O Cranberry desidratado está começando a ser encontrado em algumas lojas de produtos naturais e em mercados públicos e é também uma ótima opção, já que nos garante a verdadeira qualidade e nutrientes do Cranberry.

A quantidade ainda não foi definida porém de 1 a 2 colheres de sopa por dia parece o ideal, misturada a outras receitas, frutas, saladas…

  • Suplemento – Cranberry em Cápsulas

Também encontramos o Cranberry em cápsulas mas essa é a pior opção, já que nunca temos certeza sobre a qualidade e veracidade dos produtos em cápsula.

Consumir Cranberry durante a gravidez é seguro?

Um estudo avaliou as estatísticas de 100 mil gestações entre 1999 e 2008 e os resultados encontrados não revelaram nenhum risco de malformação ou qualquer outro problema como: nascimento prematuro, mortalidade infantil, peso abaixo do normal ou infecções.

Ou seja, usar o Cranberry durante a gravidez é sim seguro e só tem benefícios para trazer, mas é claro que cada caso é um caso, por isso conversar com o seu médico antes de incluir o alimento na dieta é uma obrigação!

Como o Cranberry combate a infecção urinária durante a gravidez?

Uma substância específica do cranberry é a responsável por essa ação tão importante que ajuda muitas grávidas a ter uma gestação mais saudável e com menos dor.

O suco de Cranberry, seu suplemento ou a fruta (também seca), conseguem fazer com que as bactérias não consigam se fixar nas paredes do trato urinário, impedindo assim as tão temidas infecções urinárias que tanto atrapalham as mamães.

Além do combate a infecção urinária o Cranberry possui muitos antioxidantes e outras propriedades e benefícios para a saúde que são super interessantes para nosso organismo em geral.

Clique aqui para ver outras dicas sobre a infecção urinária durante a gravidez.

Existem contra indicações para o consumo de Cranberry?

  • Efeitos Colaterais

Não existem registros de efeitos colaterais mais graves relacionados ao consumo de Cranberry. O único possível efeito são problemas como diarreia e desconforto intestinal quando o consumo da fruta é exagerado, por isso moderação é a chave para não se incomodar.

  • Riscos

Se você já estiver com infecção urinária, durante a gravidez ou não, não consuma o Cranberry pensando que ele vai te curar e resolver todos os problemas. É essencial procurar um médico para realizar o tratamento correto o quanto antes.

Diabéticas também devem ficar atentas para não exagerar no consumo, principalmente do suco. Isso porque o Cranberry possui frutose, o açúcar das frutas e se consumido em excesso pode causar um pico mais elevado na glicemia.

  • Interação medicamentosa

Se você toma remédios controlados, principalmente para pressão arterial ou anti-coagulantes, deve conversar previamente com seu médico para saber se existem chances de o Cranberry interagir com sua medicação, o que pode prejudicar o tratamento.


Apesar de o Cranberry, em fruta ou suco, ser considerado um alimento seguro, crianças e gestantes não devem sair consumindo a fruta sem uma conversa prévia com o médico responsável.

Somente ele pode analisar o seu caso individual e liberar ou não o consumo de Cranberry.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.